Na rua, a servir refeições quentes, 365 dias por ano

O CASA tirou 110 pessoas das ruas em 2021 e distribuiu perto de 600 mil refeições quentes

O CASA – Centro de Apoio ao Sem-Abrigo tirou das ruas do país 110 pessoas em situação de sem-abrigo, totalizando 77 casos de sucesso.

Este trabalho foi o resultado de mais de 1.500 atendimentos e mais de 2.200 encaminhamentos feitos pelas 10 delegações da nossa instituição.

Foram também realizados mais de 1.500 atendimentos no âmbito do apoio psicossocial a famílias, totalizando 75 casos de sucesso.

O CASA fechou o ano de 2021 com uma redução de 7% no número de utentes apoiados, comparativamente com o difícil ano de 2020 em que a pandemia fez disparar o número de pedidos de ajuda na nossa instituição.

No total, apoiámos 6.447 pessoas, com a Madeira a ter o número mais elevado de pessoas a quem prestámos apoio (1.286), seguindo-se Lisboa (1.065) e Porto (939).

A missão do CASA não se encerra no apoio às pessoas em situação de sem-abrigo e no que diz respeito às famílias, prestámos apoio a 1.811 agregados familiares, sendo que em Cascais e Coimbra aumentou o número de famílias a pedir-nos apoio, enquanto nas restantes delegações este número reduziu. Neste âmbito, foram distribuídos 19.150 cabazes alimentares.

No que diz respeito às pessoas em situação de sem-abrigo, é com alguma satisfação que vimos o ano encerrar com menos 6% de utentes a necessitar de apoio no total. Ainda assim, esta é uma redução insuficiente que não nos tranquiliza e que não se registou em todo o país. No total, foram apoiadas 1.876 pessoas, sendo que em Lisboa registou-se um aumento de 25% no número de pessoas ajudadas por nós, totalizando 782. Também Cascais, Figueira da Foz e Setúbal registaram ligeiros aumentos. Por outro lado, Porto e Coimbra viram o número de utentes descer consideravelmente.

Sendo a missão primordial do CASA não deixar ninguém com fome, o ano encerrou com perto de 600 mil refeições quentes distribuídas (596.220), sendo que em Lisboa e Porto foram distribuídas cerca de 220 mil refeições em cada uma das cidades.  

Todo este apoio prestado só foi possível graças aos 1.445 voluntários que em todo o país, ao longo de todos os dias do ano, cumprem a missão de intervir e ajudar os nossos utentes e agregados familiares em situação de emergência social.

VEJA AQUI O RELATÓRIO E CONTAS DE 2021

Noticias Locais

Parceiros


parceiros